segunda-feira, 19 de julho de 2010

Plano de aula.
Disciplina: Ensino Religioso.
Professora: Cleusa Schmidt Krüger.
Série: 6º Ano.

Tema: Tradições Religiosas Afro-Brasileiras – Diálogo com o Transcendente

Objetivos:
Conhecer a oração do Pai Nosso da Umbanda;
Refletir sobre a mensagem da oração.

Metodologia: Apresentar o tema, conversar com os educandos sobre os objetivos, trabalhar a oração do Pai Nosso da Umbanda procurando analisar a mensagem transcendental e representando seu conteúdo em forma de desenhos.

A oração tem como objetivo a comunicação com o transcendente, em uma atitude de devoção e máximo respeito. É um ato de reconhecimento e louvor diante de um ser transcendente.
A oração é considerada a maior manifestação de fé e é encontrada em todas as tradições religiosas. Há diversos tipos de oração: adoração, louvor, súplica, agradecimento, confissão...
( Livro: Alteridade, Culturas & Tradições: atividades do Ensino Religioso para o Ensino Fundamental)

Pai Nosso da Umbanda
(Tenda de Umbanda Estrela do Oriente – Jaraguá do Sul)

PAI NOSSO QUE ESTAIS NOS CÉUS, NAS MATAS, NOS MARES E EM TODOS OS MUNDOS HABITADOS.
SANTIFICADO SEJA O TEU NOME, PELOS TEUS FILHOS, PELA NATUREZA, PELAS ÁGUAS, PELA LUZ E PELO AR QUE RESPIRAMOS.
QUE O TEU REINO, REINO DO BEM, DO AMOR E DA FRATERNIDADE, NOS UMA À TODOS E A TUDO QUE CRIASTES, EM TORNO DA SAGRADA CRUZ, AOS PÉS DO DIVINO SALVADOR E REDENTOR.
QUE A TUA VONTADE NOS CONDUZA SEMPRE PARA O CULTO DO AMOR E DA CARIDADE.
DAÍ-NOS HOJE E SEMPRE A VONTADE FIRME PARA SERMOS VIRTUOSOS E ÚTEIS AOS NOSSOS SEMELHANTES.
DAÍ-NOS HOJE O PÃO DO CORPO, O FRUTO DAS MATAS E A ÁGUA DAS FONTES PARA O NOSSO SUSTENTO MATERIAL E ESPIRITUAL.
PERDOA, SE MERECEMOS, AS NOSSAS FALTAS E DÁ O SUBLIME SENTIMENTO DO PERDÃO PARA OS QUE NOS OFENDAM.
NÃO NOS DEIXEIS SUCUMBIR, ANTE A LUTA, DISSABORES, INGRATIDÕES, TENTAÇÕES DOS MAUS ESPÍRITOS E ILUSÕES PECAMINOSAS DA MATÉRIA.
ENVIAI-NOS, PAI, UM RAIO DE TUA DIVINA COMPLACÊNCIA, LUZ E MISERICÓRDIA PARA OS TEUS FILHOS PECADORES QUE AQUI HABITAM, PELO BEM DA HUMANIDADE, NOSSA IRMÃ.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário